quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Cuiabá publica edital para apresentação de projetos culturais

A Prefeitura de Cuiabá publicou edital para apresentação de projetos culturais que pleiteiem incentivos do Fundo Municipal de Apoio e Estímulo à Cultura

A Prefeitura de Cuiabá publicou edital para apresentação de projetos culturais que pleiteiem incentivos do Fundo Municipal de Apoio e Estímulo à Cultura, nos segmentos de Cultura Popular, Folclore e Artesanato; Artes Integradas; Literatura; Música; Artes Cênicas; Artes Visuais; Cinema e Vídeo; e Patrimônio -material e imaterial. O prazo para inscrição dos projetos inicia hoje (02.01) e encerra no dia 15 de fevereiro.

Para a execução dos projetos será disponibilizado o montante de R$ 1,3 milhão. Segundo o secretário municipal de Cultura, Alberto Machado, o edital foi elaborado com a ampla colaboração de representantes dos segmentos contemplados.

“Tentamos ouvir o maior número possível de pessoas e dividimos os recursos de forma a atender todos os segmentos. Outro ponto positivo é que este edital está mais claro e completo, o que facilitará a participação dos interessados”, afirma.

Poderão inscrever projetos apenas produtores culturais que estiverem cadastrados no Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC), plataforma desenvolvida pelo Ministério da Cultura (MinC) para monitoramento do Plano Nacional de Cultura (PNC). O cadastro pode ser realizado através do site http://sniic.cultura.gov.br/.

No segmento de Cultura Popular, Folclore e Artesanato, serão selecionados oito projetos para realização de cursos, mini-cursos, oficinas e ciclo de palestras de formação artística e/ou qualificação técnica em construção de adereços/figurinos relativos à cultura popular, folclore e artesanato, apresentação em festivais e mostra da cultura popular. Em cada projeto serão investidos R$ 30 mil.

No segmento de Áreas Integradas, será disponibilizado um total de R$ 60 mil para três projetos de festivais e mostras de artes e feiras culturais, sendo R$ 20 mil para cada. Serão selecionados ainda oito projetos para realização de festas tradicionais, realizadas com mais de cinco anos consecutivos comprovados. O investimento em cada um será de R$ 10 mil.

Na área de Literatura, serão selecionados três projetos de apoio à edição de 500 exemplares de livros inéditos, com ou sem ilustração, nos gêneros de contos, poesias, crônicas, romance, ensaios literários e históricos. Cada um receberá R$ 20 mil.

Na área de Música, serão contemplados 12 projetos, sendo quatro de estímulo à formação, quatro à difusão e quatro ao fomento, totalizando investimento de R$ 200 mil.

Projetos culturais oriundos da produção independente na área cultural Artes Cênicas receberão R$ 200 mil, distribuídos da seguinte forma: R$ 140 mil para sete projetos de fomento; R$ 40 mil para quatro projetos de formação e R$ 20 mil para um projeto de difusão.

Na área cultural Artes Visuais, serão selecionados dois projetos de fomento, sendo um para a realização de concurso de fotografias e outro de concurso de artes plásticas, dois projetos de formação e sete de difusão, totalizando um investimento de R$ 200 mil.

Para a execução de projetos do segmento de Cinema e Vídeo, serão investidos R$ 200 mil. Outros R$ 60 mil serão destinados ao segmento de Patrimônio.

Os projetos culturais, bem como a documentação exigida, deverão ser entregues no Protocolo Central da Prefeitura Municipal de Cuiabá, localizado na Praça Alencastro, Centro, Cuiabá/MT. A análise e julgamento dos mesmos serão realizados pelo Conselho Municipal de Cultura, com base nas normas e exigências estabelecidas no Edital.

A íntegra dos documentos também será disponibilizada aos interessados na sede da Secretaria Executiva do Conselho Municipal de Cultura Cuiabá (CMC/CUIABÁ), localizada na Rua Barão de Melgaço, 3677, Centro, Cuiabá/MT, CEP 78005-300 ou pelo telefone (65) 3617-1261, em dias úteis.

Os esclarecimentos aos interessados e orientação técnica para o preenchimento do Formulário Padrão serão prestados no mesmo local.

Fonte 24horasnews

Mais informações: Mais Cultura Cuiabá

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Edital para Mestrado em Preservação do Patrimônio Cultural – IPHAN

Estão abertas as inscrições para o mestrado em Preservação do Patrimônio Cultural do IPHAN. São 20 bolsas disponíveis. As inscrições vão até dia 10 de março de 2014, com início das aulas no dia 01 de agosto.

O mestrado é voltado para profissionais de diversas áreas, e é realizado de forma específica para cada área. Os arqueólogos devidamente formados (bacharéis em arqueologia) poderão se inscrever no mestrado da superintendência de Rondônia, em Porto Velho. Apenas arqueólogos poderão se inscrever no mestrado de Rondônia, pois as atividade a serem desenvolvidas serão:
  • Acompanhamento das demandas concernentes ao Patrimônio Arqueológico junto à divisão técnica;
  • Participação na organização e elaboração do mapa arqueológico rondoniense
  • Acompanhamento dos resultados provenientes do licenciamento cultural (Arqueológico).
Profissionais graduados em outras áreas (arquitetura, museologia, engenharia, antropologia, história, geografia, etc) poderão se inscrever nos mestrados de outros locais, desenvolvendo outras atividades referentes às áreas de suas devidas graduações.

Para ler o edital completo e seus anexos acesse os links abaixo:
http://arqueologiaeprehistoria.com/2014/01/01/edital-mestrado-em-preservacao-do-patrimonio-cultural-iphan/

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Edital de Mobilidade Artística e Cultural 2014

A Secretaria Estadual de Cultura da Bahia (Secult) afirma que os interessados devem se inscrever por meio de envio de documentação via Correios, observando os prazos que dependem da data de início dos projetos. O Edital de Mobilidade Artística e Cultural dará suporte financeiro a artistas e promotores culturais selecionados para que tenham experiências em outros países e estados brasileiros.

A iniciativa contribui para o desenvolvimento e a inserção nacional e internacional do setor cultural do estado e para a circulação de artistas e propostas culturais. O financiamento irá possibilitar residências, intercâmbios, difusão, circulação e formação na área de artes e cultura para pessoas, grupos ou obras.

“Em 2013, tivemos 124 projetos inscritos, dos quais 44 foram contemplados”, destaca o superintendente de promoção cultural da Secult, Carlos Paiva. A seleção é composta por quatro chamadas, cujos prazos máximos de inscrição são 18 de fevereiro, 2 de abril, 2 de junho e 2 de agosto. Este ano, o aporte financeiro global passou de R$ 500 mil para R$ 700 mil, havendo também aumento do valor por seleção: cada uma das quatro seleções contará com R$ 175 mil, em vez dos R$ 125 mil do ano passado.

“A cada ano, o edital vem se consolidando, tendo mais candidaturas e projetos mais diversificados”, diz a assessora de relações internacionais da Secult, Monique Badaró. “Em edições anteriores, a dançarina Clara Trigo foi uma das contempladas e passou uma temporada nos Estados Unidos. Outro exemplo é o da banda O Quadro, que ganhou o edital para realizar uma turnê na Inglaterra”. Os contemplados também recebem um valor adicional, a depender do destino, tempo da atividade (para residência e formação) ou do número de cidades (para difusão/intercâmbio).

Mais informações: Secult BA

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Concurso Nacional de Literatura Prêmio João-de-Barro

Inscrições: de 3 de dezembro de 2013 a 11 de abril de 2014

A Fundação Municipal de Cultura abriu inscrições para o Concurso Nacional de Literatura Prêmio João-de-Barro. O concurso tem o objetivo de valorizar a literatura produzida para crianças e jovens, bem como revelar talentos nesse segmento. As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de abril de 2014 na sede da Biblioteca Infantil e Juvenil de Belo Horizonte ou enviadas via sedex. O edital pode ser consultado no Diário Oficial do Município (DOM), no link abaixo:

Edital do Concurso Nacional de Literatura Prêmio João-de-Barro

Fonte BH Faz Cultura

domingo, 12 de janeiro de 2014

Edital CenaMúsica Belo Horizonte - Inscrições

Artistas e grupos musicais e de artes cênicas já podem ir se preparando. A Fundação Municipal de Cultura (FMC) divulgou os editais do Projeto CenaMúsica 2014. O projeto está em sua segunda edição e tem como objetivo fomentar a classe artística e permitir que a população tenha acesso à parte da produção cultural existente hoje na capital mineira.

São dois editais diferentes: um que visa selecionar espetáculos de artes cênicas, e outro que irá selecionar shows musicais. Os editais foram publicados no Diário Oficial do Município. As inscrições para ambos os editais poderão ser feitas de 6 a 24 de janeiro, na sede da FMC.

Clique no link abaixo e confira os editais:
http://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/7-4628

Fonte BH Faz Cultura

sábado, 11 de janeiro de 2014

Apoio financeiro para projetos artísticos

Estão abertas as inscrições para “Bolsa Cultura”
Programa Bolsa Cultura de Fomento à Produção Cultural, oferecido pela Prefeitura de Votuporanga, oferece apoio financeiro para projetos artísticos

Estão abertas desde ontem as inscrições para o programa Bolsa Cultura de Fomento à Produção Cultural, oferecido pela Prefeitura de Votuporanga. Os interessados têm até o dia 7 de fevereiro para apresentar as documentações exigidas, entre às 8 e 16h, nos dias úteis.

Serão selecionados projetos culturais independentes nas áreas de Literatura, Música, Artes Cênicas, Artes Visuais, Artesanato, Folclore e diversos.
v O valor máximo de apoio neste concurso será de R$100.000,00 no total. A verba para cada escolhido é de até R$5.000,00. Poderão habilitar-se pessoas jurídicas e físicas, maiores de 18 anos. As jurídicas deverão ter sede e as físicas deverão possuir residência em Votuporanga, comprovadamente, no mínimo há dois anos. No caso de associação ou sociedade cooperativa, o associado ou cooperado responsável pelo projeto deverá residir no município comprovadamente, no mínimo há dois anos.

Os trabalhos apresentados serão avaliados por uma comissão técnica definida pela Secretaria de Cultura e Turismo. O prazo de execução do projeto será de abril a novembro de 2014.

Fonte Leidiane Sabino/Jornal A Cidade

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Lei Semear abre inscrições

O edital 2014 do Programa de Incentivo à Cultura Semear foi publicado nesta segunda-feira (6) no Diário Oficial do Estado e os interessados em inscrever um projeto cultural já podem consultá-lo pelo portal da Imprensa Oficial do Estado do Pará (http://www.ioepa.com.br/portal/) ou pelo portal da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves (www.fcptn.pa.gov.br). As inscrições permanecem abertas até às 17h do dia 20 de fevereiro de 2014 e são realizadas online pelo Sistema de Gestão de Projetos Culturais do Programa Semear (SGPSemear), disponível no endereço http://www.leisemear.fcptn.pa.gov.br.

Uma mudança presente no edital de 2014 é que o produtor cultural que inscrever uma proposta no Programa Semear deverá acompanhar o andamento do seu projeto, por meio do SGPSemear, ficando atento a eventuais notificações que a proposta receba (como apresentação de outros documentos ou alterações necessárias para analisar a viabilidade do projeto). A partir da data de notificação, o produtor terá cinco dias úteis para realizar as alterações ou apresentar os documentos solicitados, sob pena de indeferimento da inscrição.

No edital do Programa Semear, o proponente inscreve o projeto e, se o mesmo for aprovado, recebe o Certificado de Habilitação, que possibilita aos patrocinadores financiarem até 80% da proposta, sob a forma de renúncia fiscal. Os 20% restantes serão provenientes dos recursos próprios do patrocinador. Apenas um projeto pode ser inscrito por pessoa física ou jurídica.

O Programa Semear oferece incentivo cultural a projetos com orçamento de até R$ 80 mil. Após a aprovação da proposta, o produtor terá prazo de 12 meses para captar o recurso e, concluída a captação, o prazo máximo para execução será também de 12 meses. As áreas contempladas pelo programa são: Linguagem Visual; Intervenção em bens móveis e imóveis de relevante interesse artístico e cultural; Linguagem Sonora; Linguagem Corporal; Literatura, acervos bibliográficos, bibliotecas e museus.

O edital deste ano segue as melhorias implementadas em 2013, com todo o processo de inscrição (em todas as etapas) sendo realizado online, por meio do SGPSemear, o que facilitará o trâmite da proposta, reduzindo o gasto de papéis, diminuindo o tempo de conclusão das avaliações e, assim, aumentando a celeridade na divulgação do resultado. O sistema também oferece orientações sobre o preenchimento dos formulários e manual completo para sua utilização.

Serviço

As inscrições para o edital deste ano do Programa de Incentivo à Cultura Semear estão abertas até o dia 20 de fevereiro de 2014. O edital está disponível no Diário oficial do Estado desta segunda-feira (6) ou pelo portal da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves no endereço http://www.leisemear.fcptn.pa.gov.br.

Mais informações: 3202 – 4382 / 3202- 4383

Texto: Luiz Flávio
Fundação Cultural do Pará “Tancredo Neves"

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Dois editais voltados para artistas sul-mato-grossenses

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul publicou no Diário Oficial do dia 20 de dezembro cinco editais voltados para artistas do Estado e que beneficiam as artes cênicas e a música para 2014.

Dois editais voltados para artistas sul-mato-grossenses preveem espetáculos de música, dança, teatro e circo no Festival América do Sul 2014. Serão selecionados cinco espetáculos de artes cênicas, sendo três de teatro e circo e dois de dança para atuações em ruas, praças e escolas de Corumbá e Ladário ou em Puerto Quijarro ou Puerto Suarez, na Bolívia, além de cinco grupos, bandas ou cantores de reconhecida atuação em Mato Grosso do Sul para apresentações no Palco das Américas, em Corumbá.

As inscrições já estão abertas e vão até 18 de fevereiro, devendo ser realizadas somente através dos Correios, por meio de Carta Registrada ou Sedex. Todos os documentos requeridos estão listados nos dois editais.

Os projetos inscritos serão analisados por duas Comissões de Seleção nomeadas pelo governo do Estado: uma para os espetáculos de teatro, dança e circo e outra para as atrações musicais. O resultado da seleção será divulgado oficialmente em março no Diário Oficial e no site da Fundação de Cultura.

Todos os editais estão disponíveis na página da Fundação de Cultura na internet, no link editais, no Diário Oficial do dia 20 de dezembro (a partir da página 39) ou na própria Fundação de Cultura, que fica no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro de Campo Grande.

Outras informações podem ser obtidas na Gerência de Difusão Cultural da FCMS, pelos telefones 3316-9169 ou 3316-9110.

Fonte Folha de Campo Grande

Fundação de Cultura de MS

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Novo edital estimula criação de rotas culturais pelo interior de Minas

Inscrições até o início de fevereiro. Propostas devem prever viagens até julho e envolvem oportunidades no Carnaval e Festivais de Inverno

O Programa Música Minas lançou nessa sexta, 20 de dezembro, um edital inédito que busca intensificar a circulação pelo interior de Minas Gerais de músicos, grupos e formações maiores, que normalmente encontram dificuldades para fazer turnês – casos dos corais, bandas civis e manifestações das culturas populares como as guardas de congado.

Fruto de duas consultais públicas que reuniram sugestões do setor, o novo Edital de Descentralização Estadual funde o antigo Edital de Circulação Estadual ao que seria o Edital Rodoviário, submetido à avaliação de agentes culturais do estado em agosto passado.

O resultado absorve sugestões de artistas, produtores, técnicos e profissionais de BH e interior, que acompanharam a reunião presencialmente e pela internet ou deixaram contribuições ao longo da semana seguinte ao encontro, numa plataforma online.

O primeiro grande ganho em relação à realidade anterior está na potencialização dos recursos: o Edital de Descentralização Estadual nasce com um orçamento três vezes e meia maior que o de Circulação Estadual. Ao todo, serão disponibilizados nessa fase beta R$ 140 mil para custear o deslocamento rodoviário de artistas pelo Estado.

O mecanismo de participação é simples: o próprio artista define sua rota, na região e no momento do seu interesse. O proponente pode, por exemplo, valer-se de um festival ou festividade que será realizado em determinada cidade para estabelecer parcerias com espaços culturais ou bares de cidades vizinhas ou que estejam no percurso para sua turnê.

Cada proposta selecionada pela curadoria receberá um valor proporcional à distância que será percorrida, além de ajuda de custo que varia de acordo com o número de shows e de integrantes do grupo. Neste momento, as viagens abarcam o período de fevereiro a julho.

Realizado por meio de parceria entre poder público (via Secretaria de Estado de Cultura) e sociedade civil (representada pelo Fórum da Música, que reúne entidades do setor no estado), o Música Minas completou cinco anos em 2013 –atualmente, sob gestão do VALEMAIS – Instituto Sociocultural do Jequitinhonha. Nesta temporada, o programa conta com o apoio da Rádio Inconfidência e da Rede Minas.

Desde 2009, o programa beneficiou cerca de 1.400 artistas com passagens aéreas para shows no Brasil e exterior, assim como para a participação em feiras, congressos, workshops, masterclasses e oficinas, além da produção e distribuição de material promocional (coletâneas e catálogos) voltado para a difusão da música mineira.

As consultas públicas que deram origem ao novo edital fazem parte de um conjunto de ações de transparência que vêm sendo defendidas e adotadas progressivamente pelos atuais gestores do programa.

Neste segundo semestre, o diálogo com músicos, produtores, técnicos e demais agentes da cadeia criativa e produtiva da música envolveu a discussão dos editais de Intercâmbio e de Circulação Estadual em Festivais –com as sugestões que foram consensuadas absorvidas às novas ações do Programa.

O Edital de Descentralização Estadual atende a uma carência crônica, potencializada pela enorme extensão territorial do Estado: a dificuldade dos artistas de circularem por Minas Gerais e, com isso, criarem novas rotas de formação de público e de fortalecimento das economias locais, sobretudo no interior.

A nova ação contempla agentes culturais que tinham acesso limitado aos benefícios do programa, por morarem em cidades sem aeroporto –o que os distanciava da possibilidade de usufruir do Edital de Intercâmbio, voltado à concessão de passagens aéreas.
De outro lado, amplia, para além das datas episódicas de realização de eventos de maior porte, a capacidade de levar a produção artística da capital ao interior e de músicos do interior se apresentarem na capital –assim como de transitarem por outras cidades das dez macrorregiões do Estado.

O programa

O Música Minas é uma ação de política pública firmada entre o Governo de Minas e o Fórum da Música, grupo de entidades organizadas e representativas do setor musical que reúne a AAMUCE (Associação dos Amigos do Museu Clube da Esquina), AMAES (Associação de Músicos, Artistas e Esportistas), FEM (Fora do Eixo Minas), Grupo Cultural NUC, Mucury Cultural, Rede Catitu, SIM (Sociedade Independente da Música) e VALEMAIS - Instituto Sociocultural do Jequitinhonha.
O programa também realizou ações de representação, promoção e difusão da música mineira em alguns dos principais eventos do setor no mundo, casos da Womex (Copenhague/Dinamarca), BAFIM (Buenos Aires/Argentina), CMJ Music Marathon (Nova York/EUA), CMW - Canadian Music Week (Toronto/Canadá), Mercado da Música Viva de Vic (Espanha) e Culturgal - Feira das Indústrias Culturais da Galícia (Pontevedra/Espanha).

Mais informações cultura.mg.gov.br

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Edital de apoio à pesquisa afro-brasileira

O edital terá investimento total de R$ 1,7 milhão e selecionará projetos de coleta, resgate, recuperação, conservação e disponibilização para o acesso público de acervos de interesse científico e cultural de bens do patrimônio Afro-Brasileiro, visando ampliar a sua disponibilidade e acessibilidade pela sociedade civil e por pesquisadores, assim como maximizar os benefícios desses acervos para a geração de conhecimento novo.

O concurso, destinado a pesquisadores de todo o país, é resultado de uma articulação entre o MinC, a UFPE, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Rede Memorial, e tem como objetivo apoiar atividades que propiciem a ampliação do acesso da sociedade civil à memória da cultura afro-brasileira.

As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto seguindo o formulário modelo de Solicitação de Auxílio à Pesquisa, e encaminhadas à UFPE.

Mais informações fundaj.gov.br

Fonte Cultura e Mercado

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Abertas as inscrições para o edital do Fundo Municipal de Cultura

O edital fica aberto até o dia 10 de março de 2014

Os artistas criciumenses, a partir desta sexta-feira, têm mais uma oportunidade para mostrar os seus trabalhos nos espaços públicos. Estão abertas as inscrições para o Edital do Fundo Municipal de Cultura, que contempla com subsídios financeiros profissionais das áreas de Artes Visuais, Cinema, Cultura Digital e Popular, Dança, Literatura, Música, Patrimônio e Teatro. O edital fica aberto até o dia 10 de março de 2014.

O presidente da Fundação Cultural de Criciúma (FCC), Sergio Zappelini, destaca a importância deste edital que vai distribuir R$ 110 mil para promoção da cultura. “É um projeto fascinante, que abre espaço para os nossos artistas mostrarem os seus trabalhos para todos”, afirma. Zappelini ainda pontua que o edital segue um método criterioso para a escolha dos selecionados. “Todos os trabalhos são analisados por pessoas de fora da cidade, para que não haja nenhuma influencia”, afirma.

Mais informações criciuma.sc.gov.br/ 

Fonte Engeplus

domingo, 5 de janeiro de 2014

BOLSA DE EXTENSÃO VINCULADA ÀS AÇÕES DE ARTE E CULTURA

O Programa de Bolsas de Extensão vinculada s às Ações de Arte e Cultura (BEAC) é gerenciado pela Secretaria de Cultura e tem por objetivo oferecer auxílio financeiro a estudantes de graduação; incentivar sua participação no processo de criação artístico - cultural; proporcionar o envolvimento de estudantes, professores e técnicos administrativos em atividades artístico - culturais e estimular a participação dos estudantes nos projetos de Cultura e Arte desenvolvidos pela UFSC .

Podem pleitear as Bolsas de Extensão vinculada s às Ações de Arte e Cultura (BEAC) os docentes integrantes do quadro de pessoal permanente da Universidade, n o efetivo exercício de suas atividades, que sejam coordenadores de projetos de cultura que se enquadrem n os requisitos deste edital e que estejam devidamente cadastrados no Sistema de Registro de Ações de Extensão (SIRAEx/Formulário Notes). Cada projeto po derá ter até dois bolsistas. O docente poderá inscrever no máximo dois projetos , mas o total de bolsas por professor será de 02 (duas) . Não poderão candidatar - se servidores técnico - administrativos, professores efetivos que estejam afastados oficialmente de suas funções de docência, professores substitutos, professores visitantes, professores voluntários, professores aposentados, professores bolsistas recém - doutores, estudantes de quaisquer níveis ou pessoas que não possuam vínculo empregatício com a UFSC.

Edital http://secult.ufsc.br/files/2013/12/Edital-005_2013_Bolsa-Cultura.pdf

sábado, 4 de janeiro de 2014

Fundação de Cultura lança cinco editais para artistas sul-mato-grossenses

Campo Grande (MS) - A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (20 de dezembro) cinco editais voltados para artistas do Estado e que beneficiam as artes cênicas e a música para 2014. São eles o Festival América do Sul, projetos CenaSom e Quarta Erudita e para apresentador do Som da Concha.

  Dois editais voltados para artistas sul-mato-grossenses prevêem espetáculos de música, dança, teatro e circo no Festival América do Sul 2014. Serão selecionados cinco espetáculos de artes cênicas, sendo três de teatro e circo e dois de dança para atuações em ruas, praças e escolas de Corumbá e Ladário ou em Puerto Quijarro ou Puerto Suarez, na Bolívia, além de cinco grupos, bandas ou cantores de reconhecida atuação em Mato Grosso do Sul para apresentações no Palco das Américas, em Corumbá.

  As inscrições começam no dia 20 de dezembro e vão até 18 de fevereiro de 2014 e devem ser realizadas somente através dos Correios, por meio de Carta Registrada ou Sedex. Todos os documentos requeridos estão listados nos dois editais. Vale a pena conferir.

  Os projetos inscritos serão analisados por duas Comissões de Seleção nomeadas pelo governo do Estado: uma para os espetáculos de teatro, dança e circo e outra para as atrações musicais. O resultado da seleção será divulgado oficialmente em março no Diário Oficial e no site da Fundação de Cultura.

  A 11ª edição do Festival América do Sul acontece de 30 de abril a 4 de maio de 2014 promovendo um grande encontro artístico que revela a diversidade cultural no continente. O evento busca, também, discutir temas relativos ao meio ambiente, à cultura, ao turismo e ao desenvolvimento sustentável.

  Apresentador Som da Concha - Também foi lançado nesta sexta (20 de dezembro) o edital para apresentador do projeto Som da Concha para o período de março a dezembro de 2014.

  As inscrições também podem feitas até o dia 18 de fevereiro e os documentos exigidos devem ser encaminhados para a Fundação de Cultura somente via Correios: ficha de inscrição (disponível no edital), currículo, duas fotos profissionais em jpg (resolução mínima de 300dpi) e um DVD com atuações como apresentador (a) ou performance simulada de evento com as características do Som da Concha, além de cópias de documentos pessoais.

  O profissional selecionado será contratado para a realização de até duas edições mensais do Som da Concha, sempre aos domingos, recebendo um cachê no valor bruto de R$ 250,00 a cada edição realizada.


  O projeto Som da Concha é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul que prevê apresentação de shows em domingos alternados. Em seis anos de existência contou com a participação de mais de 230 atrações e público superior a 85 mil pessoas. O palco da Concha Acústica Helena Meirelles recebeu cerca de 1.200 músicos em todos estes anos, fortalecendo a música produzida no Estado.

  Projeto CenaSom - O Diário Oficial desta sexta (20 de dezembro) também conta com o edital de seleção de espetáculos de dança, teatro e música para o projeto Cenasom 2014.

  Serão disponibilizadas vinte e sete datas, sempre às quintas-feiras, para espetáculos diversificados no palco do Teatro Aracy Balabanian, no Centro Cultural José Octávio Guizzo.

  As apresentações ocorrerão nos dias 10 e 24 de abril; 8 e 29 de maio; 5 e 26 de junho; 3, 10, 17, 24 e 31 de julho; 7, 14 e 21 de agosto;  11 e 25 de setembro; 2, 9, 16, 23 e 30 de outubro; 6, 13, 20 e 27 de novembro e 4 e 11 de dezembro.

  As inscrições devem ser realizadas pelos pretendentes ou seus procuradores no período de 20 de dezembro a 4 de fevereiro de 2014, respeitando as condições disponibilizadas por edital. Somente serão aceitas inscrições de projetos enviados pelos Correios. Cada grupo ou artista poderá escolher entre duas datas de apresentação disponibilizadas pela seleção.

  Os projetos inscritos serão analisados por uma Comissão de Seleção nomeada pela Secretaria de Estado de Governo composta por seis membros e o resultado do edital publicado no Diário Oficial no dia 10 de março.

  No CenaSom a Fundação de Cultura cede o Teatro Aracy Balabanian com toda a sua estrutura de som e iluminação e auxilia na divulgação do evento e na sua organização, possibilitando apresentações de espetáculos musicais e de artes cênicas variadas e de qualidade.

  O objetivo é fomentar a produção cultural sul-mato-grossense, proporcionando à classe artística espaço para suas apresentações. Por meio do acesso aos bens culturais a preços acessíveis também incentiva a formação de público e mercado para as artes.

  O projeto Quarta Erudita também abre as portas do teatro Aracy Balabanian para a música de concerto. De acordo com o edital, também lançado nesta sexta, podem participar da seleção instrumentistas, cantores e grupos musicais que apresentem trabalhos exclusivamente no âmbito da música clássica e erudita, sejam estes de concerto instrumental, canto, orquestra sinfônica, música de câmara, ópera, solistas, intérpretes e afins, em toda a diversidade deste segmento.

  Serão selecionados oito espetáculos, que serão apresentados no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo prioritariamente nas primeiras quartas-feiras de cada mês nas seguintes datas: 7 de maio; 04 de junho; 02 de julho; 06 de agosto; 03 de setembro; 1º de outubro; 5 de novembro; 3 de dezembro de 2014.

  As inscrições devem ser feitas até o dia 10 de fevereiro somente através dos Correios, por meio de Sedex ou Carta Registrada. Os envelopes devem conter CD demo do espetáculo, currículo dos artistas, proposta detalhada da apresentação e três fotos em alta resolução.

  A Fundação de Cultura nomeará uma Comissão Especial de Seleção formada por seis membros da área cultural, servidores públicos estaduais ou não. A lista será divulgada no Diário Oficial. Todo o processo será realizado na Sala de Reunião do Gabinete da própria Fundação e é aberto ao público. O resultado será divulgado no dia 14 de março.

  Os selecionados não terão cachês pagos pela Fundação de Cultura. Receberão 300 ingressos para serem comercializados nos seguintes valores: R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meio-ingresso). Poderá o artista/grupo fazer promoção de todos os ingressos  no valor de R$ 7,50 ou ainda trocá-los por agasalhos, alimentos não perecíveis, assim como cedê-los como cortesia.

  O Quarta Erudita tem por objetivo fomentar e difundir a música clássica e erudita, proporcionando à classe artística espaço para suas apresentações, incentivando a formação de público e de mercado por meio do acesso aos bens culturais a preços acessíveis.

  Serviço - Todos os editais estão disponíveis na página da Fundação de Culturana internet, no link editais, no Diário Oficial desta sexta-feira (a partir da página 39) ou na própria Fundação de Cultura, que fica no Memorial da Cultura, Avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro de Campo Grande. 


Mais informações na Gerência de Difusão Cultural da FCMS, pelos telefones 3316-9169 ou 3316-9110.

Fonte Correio de Corumbá

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Continuam abertas inscrições para a Maratona Cultural de Florianópolis

Segue aberto até o dia 05 de janeiro de 2014, o processo de seleção de artistas para a 4ª edição da Maratona Cultural de Florianópolis, que ocorre entre os dias 21 e 23 de Março de 2014, em diversos pontos da capital Catarinense, comemorando oficialmente o aniversário da cidade.

Podem participar artistas de qualquer parte do Brasil, que desenvolvam trabalhos de arte e cultura em quaisquer expressões artísticas e/ou intelectuais, apresentados e/ou desenvolvidos em quaisquer tipos de suporte, formato e área artística. Todos os materiais enviados serão avaliados pela curadoria e pela produção o evento. As inscrições podem ser feitas até às 23h59 do dia 05 de janeiro de 2014 e é totalmente online, através do site www.maratonacultural.com

De acordo com Paula Borges, Coordenadora da Maratona Cultural de Florianópolis, a expectativa para 2014 é superar o número de inscritos da terceira edição do evento. “Na edição anterior recebemos em torno de 1400 inscrições de diferentes regiões. Além da quantidade, esperamos receber propostas e projetos que surpreendam pela criatividade, inovação e qualidade artística”, destaca.

A Maratona Cultural de Florianópolis tem uma programação 100% gratuita e reúne em três dias de evento mais de 250 produtos culturais apresentados por 40 espaços da capital  catarinense, atingindo um público superior a 120 mil pessoas.

Mais informações maratonacultural.com

Fonte  Maratona Cultural

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Cursos do Projeto Kabuki têm inscrições abertas

Viola caipira, violino, piano, balé clássico e teatro são algumas das aulas gratuitas

Estão abertas até o dia 24 de janeiro as inscrições para o Projeto Kabuki.

Com vagas para aulas de dança, música e teatro, os cursos são gratuitos.

Os interessados devem procurar a sede do Projeto no Centro Cultural Campos Elíseos, que fica na avenida Capitão Salomão n° 250, Ribeirão Preto/SP. O horário para atendimento é das 8h às 17h.

Mais informações pelo telefone 3635-5667.

Fonte CBN Ribeirão